31 comentários em “takagi-san dropado

  1. Pelo menos não fizeram que nem outros projetos e colocaram em um hiato eterno que dá quase na mesma de dropar porém dando falsas esperanças que um dia voltarão a lançar.
    Esse anime tem na speed que não faz typesetting e nem usa corretor automático e na speed que todo mundo fala mal mas pelo menos faz typesetting e usa corretor automático. Tem mais outras speeds, mas elas copiam de uma dessas duas.
    Deve sair na Netflix, que é absurdamente lenta e por isso (quase) nunca cometem erro algum. Por outro lado o guia de estilo deles diz que praticamente só músicas de programas infantis devem ser traduzidas.
    É uma pena, principalmente porque os karaokês daqui, embora simples, são muito bons. Espero que mudem de ideia e continuem o projeto.

    1. Eu não tenho certeza sobre Kanata, o responsável teve que se mudar e teve mais alguns contratempos, acredito que o 4 está com os parceiros e não sei por que ainda não saiu.
      Quanto a Fire Force, deve sair mais episódios essa semana.

  2. Já que essa é a última postagem daqui (por enquanto), uma reclamação:

    Achei um bug no ffmpeg: ele não suporta linhas na legenda com mais de 4096 caracteres. Eu me pergunto, quem em sã consciência iria fazer uma fala maior que 4KB? O Tenebris Magi!

    Tudo bem que qualidade é importante, mas isso não é sinal de qualidade, é um sinal de falta de organização. Aquele meme de Code Geass usa nem metade disso, só 1685 caracteres! Pare de usar scripts ineficientes: a maioria desses casos são shapes ultra-detalhados. Se tu usa o SVG2ASS (ou algo do tipo) então simplifique o SVG antes de jogar nele. Pra que um shape composto de 569 vértices detalhados até a segunda casa decimal? Arrendonde esses valores! Só fazendo isso dá para reduzir o type em uns 30% e assim a legenda não dá erro nem no ffmpeg e nem em nenhum player que usa ele (claro).

    1. Nunca percebi esse bug, tudo rodou normalmente aqui.
      O script que eu uso é o AI2ASS, que também é usado pelos typesetters gringos. A legenda também é passada pelo script ASSWipe disponível no Aegisub modificado, removendo linhas inúteis e qualquer excesso que o script possa ter, Dumbbell 03 teria passado dos 100mb se não fosse isso.
      Quanto ao problema no player, o MPV rodou qualquer typesetting meu sem problemas, acredito que seja o caso com o MPC (pelo KCP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *